Metanor

A METANOR S.A. - METANOL DO NORDESTE, foi fundada em abril de 1969, com o objetivo de produzir Metanol, uma das mais importantes matérias-primas básicas para a indústria petroquímica, a partir do gás natural.

O projeto de sua fábrica teve início em 1973, decidindo-se por sua implantação no Pólo Petroquímico de Camaçari, na Bahia, procurando racionalizar todo o processo de produção uma vez que aproveita-se da proximidade das fontes de matéria-prima (gás natural e gás carbônico) e do fornecimento centralizado de utilidades (energia elétrica, água, ar e vapor), além da infra-estrutura do Pólo Petroquímico que otimiza o escoamento da produção tanto para seus principais clientes, instalados nas proximidades, quanto para aqueles situados em outros estados em virtude da facilidade de acesso às principais rodovias do país, bem como ao Porto de Aratu.

Sua produção teve início em julho de 1976, com uma capacidade de 60 mil toneladas/ano de Metanol, o que representou, na época, um investimento de 27 milhões de dólares.

Em agosto de 1981, a Metanor procedeu a uma associação com a Celanese, maior produtora de Metanol, o que possibilitou um rápido e permanente acesso aos últimos avanços tecnológicos do setor.

Em 1984, a produção da empresa atendeu a crescente demanda de Metanol, principalmente na região do nordeste brasileiro, podendo, assim, suprir através de derivados, grande parte das indústrias nacionais de tecidos de poliéster, madeira compensada e aglomerada, acrílicos, defensivos agrícolas, produtos farmacêuticos, tintas e vernizes.